Supermercados online caem no gosto dos brasileiros

Por Redação em 7/2/2021, 7:23:13 PM

As restrições impostas pelo combate à pandemia, como por exemplo o distanciamento social, sem dúvida impulsionaram as compras online, cada vez mais frequentes na rotina dos brasileiros. E o estudo "Supermercado e Hábitos de Compras", realizado pela unidade de pesquisa da área de publicidade do UOL, comprova isso ao mostrar que os gastos com as compras de mercado pela internet aumentaram 57% durante a pandemia.

O novo hábito vem fazendo inclusive com que 59% dos brasileiros queiram continuar fazendo as suas compras de supermercado online depois que a pandemia chegar ao fim. Por outro lado, o levantamento também mostrou que as despesas com essas plataformas ficaram estáveis para 35% dos brasileiros, ao mesmo tempo em que houve a diminuição deste tipo de gasto para somente 8% dos entrevistados.

O estudo foi realizado com o objetivo de compreender as transformações nos hábitos alimentares e de compras em supermercados, durante a pandemia, e conforme a análise feita dentro do grupo que adquire os itens de supermercado usando os meios digitais, 37% das pessoas utilizam essas ferramentas porque são mais práticas; 32% o fazem porque não querem ou não podem sair de casa por conta da pandemia, e 29% optam pelas plataformas digitais porque elas têm promoções que valem a pena.

Além disso, das pessoas que já fizeram suas compras pela internet, 33% adquirem os itens de supermercado por meios digitais pelo menos a cada 15 dias.

Os produtos mais procurados

O levantamento mostra que os itens mais comprados pela internet são os alimentos não-perecíveis (38%), os produtos de higiene e cuidados pessoais (37%), produtos de limpeza (31%) e alimentos perecíveis (26%). Além disso, 75% dos entrevistados utilizam a internet como o principal meio para buscar informações sobre dicas de alimentação, gastronomia e receitas.

Os resultados do estudo, que também analisou os hábitos de consumo de quem prefere ir à loja física, foram obtidos por meio de um questionário online, com a participação de 500 pessoas responsáveis pelas compras de supermercado de sua casa, com 25 anos ou mais, de todas as classes e regiões do Brasil.

Fonte: SuperVarejo

Imagem: Freepik