Integrante da rede Super Show, o supermercado amplia a área de vendas de 300 para 900 metros quadrados

 

Na contramão da crise econômica que assola todo o País e provoca o fechamento de várias empresas nos setores do comércio, indústria e serviços, um supermercado instalado na Zona Norte da capital supera a crise e está em plena fase de expansão, triplicando a sua área de vendas e quase dobrando o número de funcionários, que neste mês alcança a marca dos 110 colaboradores. Todo este êxito é fruto do trabalho e esforço de um casal de empreendedores que, junto com os dois filhos, foram investindo e modernizando um pequeno negócio montado há mais de duas décadas no populoso bairro Pajuçara. Desde que assumiram em 2012 a gestão do supermercado, quando ainda contavam com apenas 45 funcionários, os jovens Thales e Felipe Diogo Silva de Medeiros buscaram no projeto Varejo de Alimentos e Autosserviços do Sebrae o apoio que necessitavam para inovar na gestão da empresa.

Integrante da rede Super Show, o supermercado Asa Norte teve sua área de vendas ampliada de 300 para 900 metros quadrados, afora a área administrativa e depósito de mercadorias. Com a experiência adquirida em uma rede supermercado local, o casal Eloi e Vera Lúcia Silva de Medeiros decidiu há 27 anos deixar seus empregos e encarar o desafio de abrir um pequeno comércio no distante bairro da Zona Norte, área carente de infraestrutura e de serviços públicos. Ao longo dos anos a empresa familiar foi agregando novas seções, como um açougue, frutas e verduras e, mais recentemente, uma padaria, que oferece produtos de fabricação própria. Para integrar e motivar as equipes de colaboradores, os empresários contrataram uma capacitação in company ao Sebrae do Rio Grande do Norte, formando três turmas do curso “Construindo equipes de sucesso”.

Para o diretor do Supermercado Asa Norte, Felipe Medeiros, as mudanças ocorreram tanto nas instalações físicas, como também na gestão da empresa familiar e no relacionamento com os colaboradores, que durante a capacitação do Sebrae se revelaram muito comprometidos com a missão e os valores da empresa. “Para nós, gestores da empresa, foi uma agradável surpresa descobrir tantos talentos e pessoas comprometidas com o trabalho e o aprendizado adquirido no dia a dia”, afirma Felipe.

Segundo a gestora do projeto Varejo de Alimentos e Autosserviços, Mabele Dutra, foram trabalhadas pela instrutora credenciada do Sebrae-RN, Danielle Bezerra, características pessoais dos funcionários, como habilidades de relacionamento interpessoal, marketing pessoal e gerenciamento de conflitos no trabalho em equipe. Além disso, foram abordadas questões legais como o Código de Defesa do Consumidor, incluindo direitos e deveres do consumidor e da própria empresa, e um Código de Ética e Conduta entre colegas de trabalho, fornecedores, patrões e clientes da empresa. “Foram trabalhados a missão, a visão e os valores da empresa. Além de ações para o futuro, incluindo compromissos assumidos por todos para o alcance de resultados”, explica Mabele Dutra, lembrando que o papel do líder é fundamental em todos os processos de mudança implementados na empresa.

Líder do processo de mudança na empresa, o jovem empresário Felipe Medeiros admite que é um desafio fazer uma gestão compartilhada com a mãe, o pai e o irmão sem misturar o lado profissional com o familiar. Segundo ele, é fundamental ter muita disciplina e coerência para separar os laços de parentesco do relacionamento no trabalho, que requer assertividade, respeito e concessões, muitas vezes difíceis de serem feitas no ambiente empresarial. “Às vezes me surpreendo explicando para minha mãe que ela está equivocada e que a minha determinação é a que vai prevalecer. Com todo o respeito, é claro. No âmbito familiar uma questão como essa seria tratada de forma completamente diferente, porque há um componente emocional e o afeto entre mãe e filho, com o mesmo respeito”, compara.

A empresária Vera Lúcia Silva de Medeiros demonstra grande satisfação com os resultados alcançados em mais de duas décadas de trabalho com o marido Eloi Medeiros, atualmente afastado das atividades do supermercado devido à opção por outro negócio na área rural do Estado. Empreendedora perseverante, Vera Lúcia lembra que não foi fácil deixar a comodidade de um emprego fixo para se aventurar num negócio em família, mas que não se arrepende de nenhuma decisão que tomou, junto com o marido, visando o bem-estar da família. “Enfrentamos muitos desafios, mas hoje vejo que valeu a pena, principalmente por ter despertado nos meus dois filhos o interesse pelo negócio que abrimos há vários anos, quando ambos eram ainda muito crianças. Agora vendo os dois à frente da gestão, nos sentimos realizados”, afirma Vera Lúcia, que pretende continuar protagonizando o sucesso da empresa familiar, que se destaca no segmento do varejo, inclusive na rede Super Show, da qual faz parte desde que foi criada – há 13 anos – com a participação da própria empresária.

 

Fonte: Agência Sebrae de Notícias