O presidente da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), João Sanzovo Neto, e o primeiro vice-presidente João Galassi se reuniram com o presidente Jair Bolsonaro e o ministro Paulo Guedes nesta quarta-feira (9), em Brasília, para discutir o aumento dos preços dos itens da cesta básica.  Na oportunidade Sanzovo explicou que o setor supermercadista não pode ser responsabilizado pela alta nos preços, que é reflexo de problemas de produção e de câmbio.

Na saída da reunião, o presidente João Sanzovo concedeu entrevista coletiva à imprensa e destacou que os supermercados não são vilões. “Nós somos a ponta. Estamos próximos ao consumidor. E, assim que sentimos que havia uma pressão muito forte de preços, fizemos um alerta ao governo”, disse Sanzovo.

No dia 3 de setembro,  a ABRAS comunicou à Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, sobre os reajustes de preços do arroz, feijão, leite, carne e óleo de soja, com o intuito de buscar soluções junto a todos os participantes da cadeia de fornecedores dos produtos comercializados nos supermercados.

Clique aqui e confira a Nota Oficial da ABRAS sobre o aumento de preços.

 

Fonte: Comunicação ABRAS