Entidades mantêm parceria com vantagens para associados desde julho de 2017

 

(Esq. p/ dir. Fabrizzio Feitosa, Edmilson Marques, Marinho Dantas, Romildo Rolim)

 

O diretor financeiro da Associação dos Supermercados do Rio Grande do Norte (ASSURN), Edmilson Marques, e o executivo da entidade, Marinho Dantas, participaram, na manhã da última sexta-feira (15), de um encontro com o presidente do  Banco do Nordeste, Romildo Rolim, com o Superintendente Estadual, Fabrizzio Feitosa, e empresários locais. Na reunião, Romildo Rolim ouviu de uma plateia qualificada a opinião comum que atesta a importância do Banco para o Estado e a região.

O presidente do BNB aproveitou a oportunidade para falar sobre os investimentos do banco no ano passado. Segundo ele, a instituição viveu o seu melhor ano em 2018, com aplicação recorde de R$ 32,6 bilhões em toda a sua área de atuação e de R$ 3,7 bilhões somente no Estado do Rio Grande do Norte.

Romildo Rolim ressaltou que no ano passado foram aplicados os valores integrais do orçamento previsto no Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), e que a instituição tem buscado aperfeiçoar e agilizar os processos internos e o atendimento, sem deixar de lado as normas e regras de concessão de crédito, que asseguram a correção das operações.

“Foi o melhor ano do Banco do Nordeste em termos de aplicação e de qualidade do ativo. Fomos mais efetivos no reembolso e na gestão da adimplência. Em 2019 vamos continuar aplicando todo o nosso orçamento, cumprindo nossa missão de banco de desenvolvimento da Região. Contribuímos para alavancar a economia do Estado e gerar emprego e renda para a população”, afirmou Romildo.

Os empresários, representantes de entidades de classe e instituições de ensino superior também ouviram o superintendente do Rio Grande do Norte, Fabrizzio Feitosa detalhando os números locais.  Além dos recursos do FNE, o BNB aplicou no Rio Grande do Norte R$ 497 milhões por meio do programa de microcrédito urbano, o Crediamigo.

“Vamos continuar a expansão, em bases sustentáveis, do microcrédito urbano e rural, contribuindo fortemente para a geração de emprego e renda, apoiando empreendimentos rurais de todos os portes, inclusive aqueles que trabalham com fruticultura irrigada no Semiárido, estimulando a produção de energia limpa e a interiorização da indústria”, assegurou Fabrizzio.

A ASSURN e o BNB mantêm um acordo de cooperação que estabelece ações conjuntas para o fortalecimento das empresas vinculadas à associação desde julho de 2017. A parceria prevê disponibilização de linhas de crédito para investimento e capital de giro.

 

*Com informações da Assessoria de Comunicação do BNB