Cerca de 80 gestores, gerentes e encarregados de estoque do setor supermercadista estiveram presentes na palestra do empresário Emanuel Cajá

 

 

Dando continuidade ao calendário de eventos programados para 2019, a Associação dos Supermercados do Rio Grande do Norte (ASSURN) promoveu na tarde desta quarta-feira (22), no Villa Park Hotel, a palestra “Me apresenta teu estoque que eu direi quem tu és!”.

Ministrada por Emanuel Cajá, empresário e sócio da Convictus Consultoria, a palestra reuniu cerca de 80 pessoas entre gestores, gerentes e encarregados de estoque de supermercados associados.

O empresário deu início à palestra listando os 11 problemas mais recorrentes na logística do varejo. Dentre os principais entraves foram destacados erros simples e rotineiros como não registrar todas as movimentações – seja de uma unidade para outra ou mesmo do centro de distribuição para uma das lojas -, vinculações incorretas, ausência de agendamento de entregas de fornecedores e cadastros genéricos.

Falhas estruturais também foram citadas por Emanuel Cajá como, por exemplo, armazenamento irregular (umidade e temperatura inadequados), falta de controle de acesso ao estoque e até a utilização de um sistema ERP (Enterprise Resource Planning) como WMS (Warehouse Management System ou Sistema de Gerenciamento de Armazém).

Em um momento de interação com os participantes, o empresário defendeu o treinamento dos colaboradores como solução para grande parte dos problemas listados. “Infelizmente ou felizmente, gente é o segredo de todas as áreas. Veja esse problema do agendamento. Uma conversa com o fornecedor só para estabelecer horários fixos para as entregas já resolveria. Apresenta a tua agenda para o teu fornecedor. É importante que ele saiba que você é organizado e tem regras internas. Cumprimentar o motorista que faz a entrega, conversar com ele reafirmando que vocês têm horários a cumprir também ajuda. Acredite, muitas vezes isso já resolve muita coisa”, sugeriu.

Para o palestrante, os pontos que guiam o sucesso do setor varejista são tecnologia e gestão de pessoas. “Não dá pra fugir desses dois pontos. Todo varejo precisa ter a tecnologia por trás para dar suporte às vendas com a velocidade que o mercado precisa. Já gente é essencial pra tudo. Se você não tem pessoas treinadas, capacitadas e motivadas, toda e qualquer tecnologia implementada não vai servir de nada. Pode ser a melhor do mundo, mas não vai funcionar”.

Durante o evento, o empresário destacou que as mudanças do comportamento da sociedade afetam diretamente algumas visões do mercado e fez um alerta: “Antigamente quanto mais alto fosse o estoque mais orgulho dava pra gente. Hoje é dinheiro perdido. Esse estoque parado poderia tá gerando quanto? Hoje a gente precisa ter cada vez mais um estoque adequado à demanda do cliente. Isso se chama trabalhar com nível de estoque de segurança. Não adianta mais ser o maior estoque”, concluiu.

Durante a palestra, foram arrecadas latas de leite em pó, que foram doadas, ao final do evento, para a APAE Natal (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) e para o LEAN (Lar Espírita Alvorada Nova). Além das latas de leite, também foram entregues às instituições cerca de 140 fraldas – entre geriátricas e infantis – arrecadadas em eventos anteriores promovidos pela ASSURN.