O presidente da ASSURN, Nelson Leiros, acompanhado do executivo da associação, Marinho Dantas, e do diretor da Contauditoria, André Adolfo, apresentaram uma pauta contendo 8 reivindicações do setor supermercadista ao secretário de tributação do Rio Grande do Norte (SET), Carlos Eduardo Xavier, e ao chefe da coordenadoria de fiscalização, Álvaro Bezerra, durante uma reunião nesta sexta-feira (12).

O documento, que elenca os 8 pleitos, foi apresentado à governadora Fátima Bezerra ainda durante a campanha eleitoral em 2018. Na oportunidade, também foram discutidos diversos assuntos sobre tributação e as alíquotas de ICMS aplicado no estado.

No ano passado, a associação encomendou um estudo à empresa Contauditoria – Assessoria Empresarial, que mostrou as principais dificuldades enfrentadas pelo setor supermercadista para exercer a atividade no Rio Grande do Norte. O resultado do relatório resultou no documento entregue ao executivo estadual.

 

Confira os pleitos apresentados pela ASSURN à SET:

 

1 – Redução dos custos com o ICMS diferencial de alíquotas na aquisição de equipamentos, móveis e máquinas;

2 – Redução de pautas sob produtos sujeitos a substituição com valor acima do preço de mercado;

3 – Crédito de ICMS nas aquisições de peixes de pescadores do RN;

4 – Isenção dos hortifútis;

5 – Crédito de energia referente à industrialização no supermercado;

6 – Crédito de ICMS sobre embalagens e substituição das sacolas convencionais por biodegradáveis;

7 – Campanhas de orientação em substituição as multas sobre o faturamento aplicados pelo Procon e Ipem;

8 – Obrigatoriedade do CPF em todo os cupons fiscais.